Enfermagem – artigos – livros

E-sample NOC

270820100753_NOC_alta_G
 

ENFERMAGEM OBSTÉTRICA, 11 ª EDIÇÃO

LEIFER – ENFERMAGEM OBSTÉTRICA 11ª EDIÇÃO
 

LEIFER – ENFERMAGEM OBSTÉTRICA 11ª EDIÇÃO: A REFERÊNCIA EM ENFERMAGEM OBSTÉTRICA PARA PROMOVER A SAÚDE E O BEM-ESTAR DO PRÉ-NATAL AO PÓS-PARTO, - AGORA ADAPTADO PARA O BRASIL!

PROCEDIMENTOS E INTERVENÇÕES DE ENFERMAGEM

Livro-Potter_Procedimentos-intervencao-Enfemagem
 
O livro Procedimentos e Intervenções de Enfermagem 5ª Edição, é a melhor opção para a aprendizagem das habilidades e técnicas que o profissional de enfermagem utilizará em sua prática assistencial diária!

ENFERMAGEM EM SAÚDE MENTAL E PSIQUIÁTRICA

Enfermagem em Saúde Mental e Psiquiátrica
 
O livro que apresenta a teoria e a prática da Saúde Mental nos diferentes campos da assistência.

POTTER FUNDAMENTOS DE ENFERMAGEM, 8ª EDIÇÃO

POTTER FUNDAMENTOS DE ENFERMAGEM
 
Aprenda com facilidade os princípios, conceitos e procedimentos dos Fundamentos de Enfermagem com a 8ª Edição do Best-Seller POTTER FUNDAMENTOS DE ENFERMAGEM, agora totalmente adaptado à Realidade Brasileira, incluindo código de Ética de Enfermagem, Legislações Brasileiras, medicamentos, informações da Anvisa e Procedimentos.

Urden | Cuidados Intensivos de Enfermagem 6ª Edição

Livro Cuidados Intensivos de Enfermagem
 
Conheça URDEN - CUIDADOS INTENSIVOS DE ENFERMAGEM 6ª EDIÇÃO.  O livro de cuidados intensivos em enfermagem mais didático e completo, com conteúdo adaptado a realidade brasileira!
Enfermagem

Chegou o novo PROCEDIMENTOS E INTERVENÇÕES DE ENFERMAGEM

Livro Potter_Procedimentos intervencao Enfemagem

O livro Procedimentos e Intervenções de Enfermagem 5ª Edição, é a melhor opção para a aprendizagem das habilidades e técnicas que o profissional de enfermagem utilizará em sua prática assistencial diária!

Com o novo formato prático, condensado, completamente reorganizado e atualizado, a obra conta com a respeitada esquipe de autores do livro Potter Fundamentos de Enfermagem.


livro Perry-Potter Procedimentos e Intervenções de Enfermagem 5ª Edição apresenta:

 180 habilidades e técnicas (básicas, intermediárias e avançadas) de uso na prática diária.

 Cada habilidade em formato lógico e consistente: Coleta de Dados, Planejamento, Implementação, Avaliação – melhorando a qualidade dos cuidados ao paciente.

• A cada etapa há uma justificativa apropriada correspondente, ajudando-o a entender e a lembrar por que são utilizadas técnicas específicas.

• Alertas de Segurança ressaltam os riscos incomuns inerentes à etapa subsequente da habilidade, ajudando-o a planejar com antecedência cada etapa dos cuidados de enfermagem.

• O ícone Luva é um lembrete para o uso de luvas limpas antes de proceder à próxima etapa da habilidade, aumentando a segurança do paciente.

 As seções de Delegação e Colaboração explicam quando delegar uma habilidade ao pessoal auxiliar de enfermagem, além de indicar qual informação-chave deve ser compartilhada.

• Ressalta as Considerações Especiais como informações exclusivas para pacientes pediátricos ou geriátricos, a fim de elevar a percepção dos riscos adicionais a serem enfrentados quando se cuida de uma população diversa de pacientes.

 Fornece amostra de documentação dos registros de enfermagem para você aprender a se comunicar com eficácia com a equipe de cuidados do paciente.

• O conteúdo adaptado à realidade brasileira permitirá que o leitor conheça como os procedimentos são realizados no contexto da enfermagem brasileira. É, portanto, uma obra cujo conteúdo, apesar de traduzido, poderá ser usufruído de forma integral.

Enfermagem

Enfermagem em Saúde Mental e Psiquiátrica | Transtornos Ansiosos

Trecho extraído do livro Enfermagem em Saúde Mental e Psiquiátrica.

O termo ansiedade provém do grego anshein , que significa oprimir, sufocar. A ansiedade pode ser algo que nos prepara para o enfrentamento ou a fuga de um perigo imaginado ou real, não sendo necessariamente algo ruim ou que traga prejuízo ao indivíduo, podendo ser reação para nos manter íntegros e salvos. A ansiedade pode ser considerada nesses casos normal e há situações em que a ansiedade gerará sofrimento intenso e adoecimento do indivíduo, sendo patológica.

ANSIEDADE NORMAL

A ansiedade é um estado emocional com componentes psicológicos e fisiológicos, que faz parte do espectro normal das experiências humanas, sendo propulsora do desempenho. Ela passa a ser patológica quando é desproporcional à situação que a desencadeia, ou quando não existe um objeto ou evento ou outro estímulo específicos aos quais se direcione.

Diante de adversidade, a reação normal do corpo humano é preparar-se para a ação; enfrentar ou fugir do perigo é uma resposta essencialmente protetora, que estimula o sistema nervoso simpático, provocando reações físicas, como a mudança do padrão respiratório, do ritmo cardíaco e a tensão muscular. Isso pode ocorrer em antecipação a qualquer ameaça percebida, seja física, psíquica ou imaginária.

Há relação entre ansiedade e desempenho, descrita pela lei Yerkes-Dodson, que mostra um ponto ótimo em que a ansiedade ajuda no desempenho do indivíduo, porém, à medida que a ansiedade aumenta muito, o desempenho é prejudicado.

 ENFERMAGEM EM SAÚDE MENTAL E PSIQUIÁTRICA

Portanto até certo ponto, a ansiedade pode ser adaptativa, pois impele o indivíduo a tomar medidas necessárias para evitar a ameaça ou reduzir as consequências dela, ou seja, quando não patológica não incapacita o indivíduo.

Enfermagem

Entrevista Inicial e Exame Psíquico

Ao se deparar com pessoas em sofrimento mental, estudantes de enfermagem e enfermeiros experimentam uma diversidade de emoções e sentimentos e, consequentemente, podem ter atitudes que variam entre aproximação, curiosidade ou afastamento e indiferença.

Livro sobre enfermagem psiquiatrica

Estas atitudes dos estudantes ou profissionais podem-se relacionar a mecanismos intrapsíquicos de autoproteção e defesa; e/ou a representações culturais sobre a doença mental presentes em nossa cultura; e/ou dificuldades para compreender o que o paciente expressa e integrar essa expressão no planejamento da assistência de enfermagem.

No Brasil, a assistência de enfermagem em Saúde Mental ainda é, muitas vezes, baseada em reações emocionais e atitudes leigas e instintivas do enfermeiro. O que se propõe neste capítulo é que essas emoções e atitudes possam ser vividas e integradas de modo profissional, em instrumentos de trabalho adequados para a abordagem terapêutica das pessoas em sofrimento mental.

Para isso, apresentamos determinado instrumento de avaliação do estado mental e compreendemos esse instrumento de avaliação como um importante recurso tecnológico para a assistência de enfermagem nessa área, pois a assistência de enfermagem às pessoas em sofrimento mental requer um marco teórico de referência e uma tecnologia específica de avaliação do grau e do tipo de sofrimento apresentado pela pessoa.

 

Trecho extraído do livro Enfermagem em Saúde Mental e Psiquiátrica.

 

Enfermagem

ENFERMAGEM EM SAÚDE MENTAL E PSIQUIÁTRICA 1/E

Enfermagem em Saúde Mental e Psiquiátrica

O livro que apresenta a teoria e a prática da Saúde Mental nos diferentes campos da assistência.

Escrita por autores com vasta experiência na área de Saúde Mental, esta obra, com foco na realidade brasileira, relata a assistência realizada em diversas regiões do país, preenchendo uma lacuna importante que inclui informações da prática dos profissionais da enfermagem.

livro Enfermagem em Saúde Mental e Psiquiátrica: desafios e possibilidades no novo contexto do cuidar apresenta a assistência ao paciente nos transtornos mentais mais comuns e orientação sobre a atuação da equipe multidisciplinar para o adequado desempenho e atendimento qualificado ao paciente.
Os capítulos vão ao encontro do modelo de assistência em Saúde Mental proposto pela legislação brasileira vigente, que é pautada na mudança do modelo centrado no hospital psiquiátrico e médico-biologicista, apresentando propostas de cuidar que mostram ser possível ir além do que é determinado pela Política Nacional de Saúde Mental.

De leitura fácil e atrativa, esta obra vem auxiliar acadêmicos e profissionais em enfermagem que buscam ampliar conhecimentos e ações mais qualifi cadas na prática.

Nesta obra você encontra:

 capítulos sobre abordagem e comunicação terapêutica, entrevistas psiquiátricas, e como fazer o exame psíquico;
• capítulos sobre os tipos de transtornos mentais: incluindo orientações sobre o cuidado, etiologia, epidemiologia e características clínicas;
• apresentação dos cuidados ao indivíduo portador de sofrimento psíquico atendido em CAPS, UBS, PSF/NASF, residência terapêutica e reinserção psicossocial. Desejamos boa leitura e temos a certeza de que esta obra auxiliará na vida profissional cotidiana.

Enfermagem

Professora do UniÍtalo revisa best-seller mundial em Enfermagem

Composta por dois volumes, a obra intitulada “Tratado de Enfermagem Médico-Cirúrgica: Avaliação e Assistência dos Problemas Clínicos” apresenta tanto a fisiopatologia e a avaliação dos sistemas quanto as doenças relacionadas e o plano de cuidado de enfermagem para cada doença e condição do paciente. Integra, ainda, as classificações internacionais NANDA, NOC e NIC e os indicadores de resultados, orientações aos pacientes e à família, considerações medicamentosas e exames de diagnóstico e cirurgias.

 

Profª Melina Ferreira

Segundo a Elsevier, editora responsável pela publicação, a obra é uma  das principais do gênero e é utilizada mundialmente com o objetivo de    instruir os alunos de enfermagem para trabalhos acadêmicos,  atividades em classe e provas, além de prepará-los para a atuação  clínica e o atendimento seguro e completo de pacientes.
 Adaptados e revisados por enfermeiros docentes de diversas áreas do  conhecimento, entre eles a professora do Centro Universitário Ítalo  Brasileiro, Melina Aparecida Ferreira, os dois volumes estão de acordo  com a realidade brasileira e incluem, entre outros, dados  epidemiológicos, competências e leis específicas, bem como as siglas e abreviaturas técnicas utilizadas no país.

Indispensável à formação do aluno, atualização do professor e qualificação do profissional da área, o tratado também contém material on-line complementar para facilitar a didática do professor e o aprendizado do aluno, estudos de casos com perguntas e respostas, animações em 3D que apresentam a fisiologia para ajudar a compreender o funcionamento do corpo e aplicação nos cuidados clínicos de enfermagem.

Matéria Publicada no site Uniítalo, em 12 de Setembro de 2013.
Enfermagem

Prática baseada em evidências (PBE)

A prática baseada em evidências (PBE) é uma abordagem de resolução de problemas para a prática clínica que integra o uso consciente das melhores evidências em combinação com a opinião de especialista do médico e as preferências e valores do paciente na tomada de decisões sobre o cuidado ao paciente.

A PBE está atualmente se tornando o objetivo de todas as instituições de saúde e uma esperança para as enfermeiras profissionais que se espera que usem as evidências atuais ao atender os pacientes.

Os profissionais da enfermagem encontram evidências em diferentes lugares. Um bom livro incorpora elementos de evidência nas orientações práticas e procedimentos que descreve. No entanto, o livro baseia-se na literatura científica, que às vezes está ultrapassada no momento em que o livro é publicado. Artigos de enfermagem e da literatura de cuidados de saúde estão disponíveis sobre praticamente qualquer assunto que envolva a prática de enfermagem, tanto em revistas quanto na internet.

Embora a base científica da prática de enfermagem tenha crescido, algumas práticas ainda não são “baseadas em pesquisas” ( Titler et al ., 2001 ). O desafio é obter as melhores, mais atuais e precisas informações no momento
certo, quando a enfermeira precisar delas para o cuidado do paciente.

 

prática baseada em evidências enfermagem