Alimento: um remédio natural e acessível

No dia 31 de março, sábado, se comemora o Dia da Nutrição, uma especialidade cada vez mais importante no mundo em que vivemos. Estamos em uma nova era de hábitos alimentares, na qual a preocupação social com os alimentos ingeridos cresceu muito. A reeducação alimentar surgiu com a necessidade e a busca por uma vida mais saudável e natural, pois o alimento pode, em muitos casos, substituir remédios.

Krause: Alimentos, Nutrição e Dietoterapia é um bom manual para aqueles que querem entender e aderir a uma vida mais saudável e equilibrada.

“O estado nutricional revela o grau em que as necessidades fisiológicas de nutrientes são satisfeitas para um indivíduo. A avaliação do estado nutricional é o fundamento do cuidado nutricional; ela é a base importante para a personalização do cuidado nutricional do indivíduo no contexto de causa, prevenção ou tratamento de doença ou promoção de saúde. As doenças crônicas, incluindo doença cardíaca, AVC e osteoporose, bem como muitos distúrbios gastrointestinais e a maioria dos cânceres, são influenciadas pelo estado nutricional subjacente.” (trecho retirado da obra Krause: Alimentos, Nutrição e Dietoterapia).

Para ter acesso ao livro, clicar aqui

O grande universo dos alimentos vivos

 

Quem não gosta de beber uma boa cerveja ou um bom vinho socialmente? Entretanto, você sabia que essas bebidas são produzidas pelo processo de fermentação que envolve micro-organismos? Desde sempre eles estiveram presentes em nossas vidas. A diferença é que, hoje, aprendemos como controla-los.

O 2ª volume do livro Microbiologia Industrial: Alimentos foi pensado para proporcionar ao estudante do ramo um vasto conhecimento sobre como o mundo dos micro-organismos interferem na produção dos alimentos. O livro aborda dois temas distintos; em um primeiro momento, separa os micro-organismos benéficos e maléficos nos processos de fermentação e conservação dos alimentos. Na sequencia, destaca a geração do produto, quando o próprio micro-organismo é o alimento.

A obra foi realizada em uma parceria entre Brasil e Portugal e conta com 24 autores para a sua execução.

Para mais informações acessar aqui