Um livro importante!

O vencedor da 2ª Olimpíada de Anatomia Elsevier, Jan-Peter Périssé revela como o livro “Gray’s Anatomia Clínica para Estudantes” está sendo importante para a sua formação e estudos em Anatomia. #Elsevier #Anatomia #Saude

Assista ao vídeo!

 

Paixão pela anatomia!

Jan-Peter Périssé, estudante de medicina e grande vencedor da 2ª Olimpíada de Anatomia Elsevier, nos conta um pouco sobre a sua paixão pela Anatomia e o quanto o incentivo de seus professores fez diferença.

Conheça o vencedor da 2ª Olimpíada de Anatomia!

A Elsevier encerrou sua 2ª Olimpíada de Anatomia! O objetivo foi estimular o aprendizado e a troca de conhecimentos de anatomia humana, matéria relevante para a formação dos profissionais da saúde.

O vencedor desta edição foi Jan-Peter Périssé, aluno de medicina da UFF – Universidade Federal Fluminense.

Jan-Peter concorreu com 5.867 alunos e recebeu como prêmio a participação no Curso de Anatomia Clínica Aplicada em Cadáver Fresco, que acontece na Flórida, com tudo pago. O estudante nos contou durante a entrega do prêmio como foi a experiência de participar do evento.

Assista ao vídeo do Jan-Peter!

 

 

 

Atlas de Anatomia Humana em Imagem

Parte fundamental do curso de Medicina, o aprendizado de anatomia sofreu mudanças ao longo do tempo e a exposição à imagens continua a ser um dos principais meios de absorção do conteúdo. Mesmo que cedo no curso, essa exposição é positiva para o desenvolvimento do conteúdo, pois possibilita ao estudante base para compreensão da anatomia humana aplicada.

O livro ‘Atlas de Anatomia Humana em Imagem’, em sua 5ª edição revisada, contribui com o ensino médico: “O formato geral continua o mesmo, porém a apresentação dos capítulos sobre encéfalo e cabeça e pescoço foi alterada para refletir a maior resolução e flexibilidade da demonstração anatômica oferecida pelas novas técnicas.* Foram mantidas aproximadamente 20% das imagens da última edição, sobretudo aquelas que mostram a anatomia básica por métodos tradicionais, por exemplo, radiografia não contrastada, linfografia e angiografia. Acreditamos que a confiança contínua dos clínicos na imagenologia de processos patológicos será facilitada por esta nova e instigadora abordagem e a inclusão da patologia em combinação com este texto de anatomia, extensamente revisado, ampliará a compreensão das imagens em benefício do leitor e de seus pacientes.

*Quando não for informada a ponderação da RM, assuma ponderação em T1 (“ponderação anatômica”) com gordura brilhante, sinal muscular intermediário e baixo sinal de líquido.” (Trecho retirado do livro).

Aprenda anatomia de cabeça e pescoço

 

 

Consagrado por muitos professores como excelente atlas de anatomia, oMcMinn Atlas Colorido de Anatomia da Cabeça e do Pescoço” é referência em fotografias da região de cabeça e pescoço na qual inclui imagens extraordinárias de dissecções, ossos, radiografias e anatomia de superfície.

 

A imagem abaixo é a vista lateral da órbita esquerda.

Na imagem, os ossos da parte anterior e superior do lado esquerdo do crânio foram removidos para expor a duramáter que recobre o hemisfério cerebral, na medida em que compõem parte das paredes superior e lateral da órbita, afim de evidenciar o bulbo do olho e as estruturas associadas in situ.

Você consegue identificar o nome de cada área marcada na imagem?

Veja as denominações:

1 – Osso frontal

2 – Sutura coronal

3 – Osso parietal

4 – Osso temporal

5 – Arco zigomático

6 – M. masseter

7 – Osso zigomático

8 – M. temporal

9 – Asa maior do osso esfenoide

10 – Parte orbital do osso frontal

11 – Dura-máter recobrindo o polo frontal do hemisfério cerebral

12 – Dura-máter recobrindo o polo temporal do hemisfério cerebral

13 – Ramo frontal da artéria meníngea média

14 – M. reto lateral

15 – Nervo supraorbital (emergindo da incisura supraorbital)

Para saber mais sobre “McMinn Atlas Colorido de Anatomia da Cabeça e do Pescoço” clique aqui.

Vencedor da Olimpíada de Anatomia visita a Elsevier

A Elsevier realizou em novembro a 1ª Olimpíada de Anatomia Clínica, cujo objetivo foi estimular o aprendizado e a troca de conhecimentos nesta importante área da medicina. A editora possui um vasto catálogo no campo, com obras essenciais, como o livro Netter – Atlas de Anatomia Humana e o recém-lançado livro texto Netter de Anatomia Clínica, cujo conteúdo foi utilizado para a criação das questões da competição.

O vencedor Renato Colenci, da Faculdade de Medicina da UNESP em Botucatu, ganhou a participação no III Seminário de Anatomia Clínica Aplicada, em Orlando, na Flórida (EUA), oferecido pelo Institute of Applied Anatomy em parceria com o Nicholson Center Hospital.

Cada vencedor indicou um professor de anatomia responsável por sua formação e bom desempenho, que também será premiado com um leitor de livros digital. Renato Colenci sugeriu Renato Ferretti.

Professor e aluno estiveram na Elsevier para conhecer a Editora. Renato Colenci contou que foi Ferretti quem o estimulou a participar da Olimpíada. Ele está no segundo ano, faz estágio de formação em anatomia e tem a intenção de realizar a especialização em cirurgia de cabeça e pescoço.

“O evento nos Estados Unidos é uma grande oportunidade para o desenvolvimento na carreira de medicina que quero seguir”, diz Colenci. “Ganhar a Olimpíada foi uma excelente experiência. Nas últimas etapas eu percebi que podia equiparar meu conhecimento no tema ao de outros estudantes muito fortes. Além disso, a Elsevier nos deu a oportunidade de mostrar a importância desta disciplina, fundamental no currículo de medicina”.

Renato também destaca a importância da Coleção Netter de Anatomia em seu aprendizado. “Os livros Netter são sem dúvida os que mais uso, é um material de extrema qualidade. Além disso, tenho muita admiração pelo trabalho dele. Foi um grande artista, além de médico”.

O professor da UNESP de Botucatu Renato Ferretti contou que seus alunos ficaram muito estimulados em participar da Olimpíada de Anatomia da Elsevier. “Esse tipo de ação é muito importante para estimular o meio acadêmico a sair da sala de aula. Os estudantes podem testar a sua capacidade e acabam se dedicando mais. Só temos a ganhar”.