A importância de acumular conhecimentos em otorrinolaringologia

 

A otorrinolaringologia é uma especialidade quem tem apresentado importantes progressos nas últimas décadas, em grande parte devido aos avanços tecnológicos no processamento de imagens, a utilização de instrumentos de fibra óptica para diagnóstico e tratamento e o desenvolvimento de técnicas endoscópicas minimamente invasivas para procedimentos cirúrgicos.

Para que o médico otorrinolaringologista esteja sempre atualizado é necessário ter uma ferramenta para acumular conhecimentos, para o bom julgamento clínico e a manutenção atualizada dos avanços da especialidade.

Selecionamos uma questão do livro “Perguntas e Respostas em Otorrinolaringologia“ para que os profissionais testem seus conhecimentos.

Qual dos seguintes vasos NÃO contribui com um ramo para o septo nasal anterior (plexo de Kiesselbach)?

  1. Artéria labial superior
  2. Artéria palatina maior
  3. Artéria etmoidal anterior
  4. Artéria etmoidal posterior
  5. Artéria nasal posterior

Quem escolheu a opção 5, acertou!

Share on FacebookShare on LinkedInShare on Google+Tweet about this on TwitterEmail this to someone

Aprenda mais sobre doenças que acometem o complexo buco-maxilo-facial

 

Especialidade da odontologia, a Patologia Oral estuda as doenças que acometem o complexo buco-maxilo-facial. Os dentistas precisam de um conteúdo clinicamente relevante, no qual patologias e condições sejam classificadas de acordo com a aparência clínica.

Patologia Oral: Correlações Clínicopatológicas” simula o que o profissional encontrará na prática. O formato do livro inclui fotos clínicas e radiografias de uma grande variedade de condições orais e lista as características principais, etiologia e importância de cada patologia específica.

A obra segue o estilo de um atlas, ricamente ilustrada e completamente atualizada, é uma excelente referência para identificar, diagnosticar e desenvolver um plano de tratamento para as doenças orais.

Para saber mais sobre Patologia Oral: Correlações Clínicopatológicas clique aqui.

 

Share on FacebookShare on LinkedInShare on Google+Tweet about this on TwitterEmail this to someone