Enfermeiros podem estudar com conteúdo adaptado à realidade brasileira

 

Para promover, manter e restabelecer a saúde das pessoas, a equipe de enfermagem precisa de uma atualização constante e concisa. A parceria com outros profissionais da saúde é fundamental para a prática correta e assertiva de todos os procedimentos.

Fundamentos de Enfermagem: Fatos Essenciais” foi projetado para ser uma referência portátil e rápida para fatos e números, com foco em cuidados de saúde para adultos como controle de infecção, úlcera por pressão e orientações nutricionais.

Com conteúdo adaptado à realidade brasileira, o manual apresenta as principais informações na área de Fundamentos de Enfermagem para auxiliar o estudante nos estágios obrigatórios e início de carreira. Seu formato pocket facilita a portabilidade e o uso na prática clínica diária.

Você conhece os tipos de imunidade? Veja:

Imunidade ativa: Anticorpos produzidos no corpo;  longa   atuação.

  • Natural – Anticorpos produzidos durante uma infecção ativa.

Exemplos: Varicela, caxumba, sarampo.

  • Artificial – Vacina produzida a partir de antígenos reais.

Exemplos: Caxumba, sarampo, rubéola (MMR)

Passiva: Anticorpos produzidos fora do corpo; curta atuação.

  • Natural – Anticorpos que passam de mãe para criança através da placenta e do leite materno.
  • Artificial – Soro injetado artificialmente.

Para saber mais sobre “Manual Clínico para Fundamentos de Enfermagem: Fatos Essenciais” clique aqui.

Share on FacebookShare on LinkedInShare on Google+Tweet about this on TwitterEmail this to someone

Profissionais de enfermagem necessitam de melhorias nas condições de trabalho

O dia 12 de maioDia Mundial do Enfermeiro – marca o início de um período de atividades  em muitos hospitais dentro e fora do Rio de Janeiro, que prossegue até o dia 20 – Dia do Auxiliar e do Técnico de Enfermagem – para comemorar e enaltecer o importante e essencial papel dos profissionais da Enfermagem para a sociedade. Homenagens em reconhecimento ao trabalho em benefício do bem-estar da humanidade se misturam à realização de atividades voltadas ao aperfeiçoamento profissional. As condições de trabalho fornecidas a esses profissionais ainda estão longe de serem perfeitas, mas aos poucos governo e o COREN – Conselho Regional de Enfermagem, vêm trabalhando para que haja uma melhoria nestas condições, valorização e segurança do profissional de enfermagem.

AMBIENTE DE TRABALHO SAUDÁVEL É FUNDAMENTAL NA ÁREA DE SAÚDE

O ambiente de assistência à saúde é estressante, e desafios crescentes nas áreas de restrições financeiras, exigências regulatórias, o olhas atento do consumidos, tecnologias e esquemas de tratamento em rápida evolução e mudança, além da diversidade dos profissionais, contribuem para a ocorrência de conflitos e dificuldades diariamente. Nesse ambiente, é essencial oferecer apoio aos profissionais de saúde de forma a aliviar esses desafios e garantir um local saudável para trabalhar.

Há cada vez mais evidências de que ambientes de trabalho insalubres levam a erros médicos, à monitoração insatisfatória da segurança, à comunicação ineficaz entre profissionais de saúde e a mais conflito e estresse entre esses profissionais. Uma síntese das pesquisas na área de ambiente de trabalho demonstrou que uma combinação de estilos e características de liderança contribui para o desenvolvimento e a manutenção de ambientes de trabalho sadios.

Fonte: Cuidados intensivos de enfermagem

¹PADRÕES PARA  AVALIAÇÃO DE ENFERMAGEM

Os cuidados de enfermagem ajudam os clientes a resolver problemas de saúde reais, previnem a ocorrência de potenciais problemas e mantêm um estado saudável.O processo de avaliação de enfermagem é um passo essencial para esse fim. A American Nurses Association (ANA) define parões de prática profissional de enfermagem, que incluem padrões para a etapa de avaliação do processo de enfermagem. Os padrões são declarações oficiais dos deveres que se espera que todas as enfermeiras executem com competência, independentemente do papel, da população de clientes atendidos ou da sua especialidade. As competências para a avaliação de enfermagem incluem ser sistemático e usar a avaliação baseada em critérios, colaborar com clientes e outros profissionais, utilizar dados de investigação contínua para revisar o plano e comunicar os resultados aos clientes e familiares.

²CÓDIGO DE ÉTICA DO PROFISSIONAL DE ENFERMAGEM

O profissional de enfermagem, em todas as relações profissionais, exerce a prática com paixão e respeito à dignidade, ao valor e à individualidade inerente a cada indivíduo, independentemente da condição social ou econômica, dos atributos pessoais ou da natureza do problema de saúde apresentado pela pessoa.

  • O principal compromisso da enfermagem é com o cliente, seja um indivíduo, uma família, um grupo ou uma comunidade.
  • O profissional de enfermagem promove , defende (advocacy/advoga) e envia todos os esforços para proteger a saúde, a segurança e os direitos do cliente.
  • O profissional de enfermagem é responsável e tem o dever de prestar contas pela prática individual da profissão e determina a delegação adequada de tarefas pertinentes ao dever da enfermagem, para otimizar a oferta de cuidados ao cliente.
  • O profissional de enfermagem tem os mesmos deveres que os outros profissionais, por ser também responsável pela preservação da integridade e da segurança do cliente, pela manutenção de sua competência e pelo crescimento pessoal e profissional contínuo.
  • O profissional de enfermagem participa do estabelecimento, da manutenção e da melhoria do ambiente do ambiente de cuidados e das condições de trabalho com vistas à oferta de cuidado à saúde com qualidade e consistente com os valores da profissão por meio de ações individuais e coletivas.
  • O profissional de enfermagem participa do avanço da profissão, contribuindo para a prática, a educação, a administração e o desenvolvimento do conhecimento.
  • O profissional de enfermagem colabora com outros profissionais de saúde e com o público em geral na promoção dos esforços comunitários, nacionais e internacionais para atender às necessidades de saúde.

A enfermagem como profissão é representada pelas organizações profissionais e por seus membros; é responsável pela articulação dos valores, pela manutenção da integridade da sua prática e pela formulação de políticas sociais.  

 

¹²Fonte: Fundamentos de Enfermagem 

Imagem: Google

 

Share on FacebookShare on LinkedInShare on Google+Tweet about this on TwitterEmail this to someone

Educação em Enfermagem

A enfermagem exige um tempo significativo de educação formal. As questões relativas à padronização da educação e do ingresso na prática profissional são ainda objetos de grande controvérsia. Em 1965, a ANA publicou uma reflexão política em relação à educação em enfermagem, em que enfatiza o papel desta para o avanço da ciência da profissão ( ANA, 1965 ).

Leia mais…

Share on FacebookShare on LinkedInShare on Google+Tweet about this on TwitterEmail this to someone

Chegou novo Potter Fundamentos de Enfermagem!

Aprenda com facilidade os princípios, conceitos e procedimentos dos Fundamentos de Enfermagem com a 8ª Edição do Best-Seller POTTER FUNDAMENTOS DE ENFERMAGEM, agora totalmente adaptado à Realidade Brasileira, incluindo código de Ética de Enfermagem, Legislações Brasileiras, medicamentos, informações da Anvisa e Procedimentos.

Leia mais…

Share on FacebookShare on LinkedInShare on Google+Tweet about this on TwitterEmail this to someone