Hemorragia Intracraniana Neonatal

Série CBR, Encéfalo

HEMORRAGIA INTRACRANIANA NÃO TRAUMÁTICA

INTRODUÇÃO

Generalidades

Hemorragia intracraniana (HI) não traumática é uma das causas mais comuns de déficit neurológico focal em todas as idades. Quanto à localização, podem ser extradurais, subdurais, subaracnoides, intraventriculares, intraparenquimatosas ou multicompartimentais.

O diagnóstico rápido da HI e de sua etiologia influencia a morbidade, a mortalidade e o prognóstico dos pacientes. A ultrassonografia (USG), utilizada particularmente em neonatos, a tomografia computadorizada (TC) e a ressonância magnética (RM) são métodos de imagem bem estabelecidos no tratamento destes pacientes, propiciando diagnóstico adequado e tendo papel na definição da conduta e no acompanhamento.

Leia mais…