Fármacos Usados em Doenças da Tireoide

RANG AND DALE, Farmacologia 7/E

HIPERTIREOIDISMO
O hipertireoidismo pode ser tratado farmacológica ou cirurgicamente. Em geral, a cirurgia é usada apenas quando há problemas mecânicos decorrentes da compressão da traqueia, e é comum a remoção de apenas parte do órgão. Embora o quadro de hipertireoidismo possa ser controlado com agentes antitireoidianos, esses fármacos não alteram os mecanismos autoimunes ou melhoram a exoftalmia associada à doença de Graves.

  Leia mais…

Share on FacebookShare on LinkedInShare on Google+Tweet about this on TwitterEmail this to someone

Exame Físico da Glândula Tireoide

KRONEMBERG, Williams Tratado de Endocrinologia 11/E


Manifestações de doença tireoidiana são usualmente decorrentes da produção excessiva ou insuficiente de hormônios tireoidianos, sintomas locais no pescoço (principalmente bócio, mas ocasionalmente dor ou compressão de estruturas adjacentes) ou, no caso da doença de Graves, oftalmopatia ou dermopatia. Um diagnóstico funcional de doença tireoidiana é baseado em uma história cuidadosa, exame físico completo a procura de sinais de hipotireoidismo ou tireotoxicose, e avaliação cuidadosa dos resultados dos testes laboratoriais. Embora condicionado pelo diagnóstico funcional, o diagnóstico anatômico depende muito do exame físico da glândula tireoide.

Leia mais…

Share on FacebookShare on LinkedInShare on Google+Tweet about this on TwitterEmail this to someone