Investigação e Cirurgia Urológica em Crianças com Insuficiência Renal

Lerman, Manual de Anestesia Pediátrica, 6/E

 

PRINCÍPIOS GERAIS

O risco anestésico depende do estado da função renal da criança e de qualquer outro processo mórbido que possa estar presente.

1. A maioria das crianças que chegam para investigação ou cirurgia do trato urinário baixo apresenta boa função renal.

2. Muitos indivíduos que necessitam de biópsia renal apresentam disfunção renal leve (geralmente insuficiente para influenciar o risco anestésico).

3. Todas as crianças em insuficiência renal estão gravemente doentes e apresentam múltiplos problemas para o anestesista.

Leia mais…

Share on FacebookShare on LinkedInShare on Google+Tweet about this on TwitterEmail this to someone