Aluna de medicina relata em vídeo experiência surpreendente com livro Cecil 24° edição

Fabricia Moreira, aluna do 7º período de Medicina na Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), ficou maravilhada com 24ª edição do livro Cecil Medicina, pela quantidade de conteúdos abordados e o considerou tão completo, que resolveu gravar um vídeo com depoimento pessoal sobre a importância da obra em sua formação profissional.

Goldman Cecil Medicina é referência internacional da clínica médica e ainda conta com a temática adaptada à realidade brasileira, pois centenas de colaboradores brasileiros coordenados pelo Dr. Milton de Arruda Martins, M.D., contribuíram trazendo dados epidemiológicos, estatísticas, demografia e informações atualizadas sobre a saúde no Brasil.

Nessa 24° edição foram acrescentados novos capítulos sobre “Aplicação das Tecnologias Moleculares à Medicina Clínica”, uma seção totalmente reformulada sobre doenças infecciosas e a cobertura das últimas técnicas e tratamentos cardiovasculares, e conteúdo complementar online totalmente em português.

Tratado de Enfermagem Médico-cirúrgica 8ED

A prática de enfermagem  é composta de uma grande variedade de papéis e responsabilidades necessários para alcançar as necessidades de cuidados de saúde da sociedade. Os enfermeiros são os profissionais da linha de frente pois de cuidados de saúde. Exercem a profissão praticamente em todos os serviços de saúde e comunidades de todo o país. Nunca os enfermeiros foram tão importantes em cuidados da saúde quanto atualmente. Enquanto enfermeiro, você oferece cuidados especializados para as pessoas que se recuperam de doenças ou lesões; defende os direitos do paciente; os orienta para que possam tomar decisões estando devidamente informados; dá apoio a eles e a seus familiares em momentos críticos; e os ajuda a transitarem por um sistema de cuidados de saúde que vem se tornando cada vez mais complexo.

Para ressaltar essa importância e aperfeiçoar ainda mais as habilidades dos estudantes da área, a Elsevier lançou a oitava edição de Tratado de Enfermagem Médico-cirúrgica. O livro que aborda de temas como ”Os efeitos do envelhecimento sobre a atuação do sistema gastrintestinal” a ” fatores culturais ligados à religião que afetam a saúde e os cuidados com a saúde”, conta ainda com diversas tabelas que indicam: as observações que devem ser realizadas pelos enfermeiros acerca de cada doença; recomendações de dosagem de medicamentos; guia de orientações para pacientes e cuidadores; prós e contras de cada tratamento administrado ao paciente, além de imagens e gráficos que facilitam a visualização das informações abordadas.

A obra também conta com uma breve revisão

O livro é atualização da edição antiga e apresenta no início de cada capítulo uma breve revisão do que foi dado no capítulo anterior além de exercícios de fixação ao final deles, que são baseados, inclusive, em questões de concursos. Tratado de Enfermagem Médico-cirúrgica 8 Ed , não é apenas mais um livro de enfermagem com abordagem sobre doenças, causas e tratamentos, os temas demonstrados são de interesse social, além da linguagem adotada ser bastante explicativa o que torna a leitura acessível até mesmo para os mais leigos na área.

Todas as informações passadas mostram diagnósticos clínicos reais como exemplo, além de estudos de casos baseados em pesquisas feitas por especialistas renomados. Os questionamentos levantados são sempre de cunho histórico e também cultural buscando explicar de onde surgiu a relação das pessoas com a sua saúde ” Membros de uma subcultura compartilham certos aspectos da cultura que são diferentes do grupo cultural global. Entre os hispânicos, alguns procuram cuidados de saúde profissional imediatamente quando os sintomas aparecem, outros hispânicos confiam primeiro em curandeiros, e outros procuram primeiro a opinião da família e de amigos antes de procurar cuidados de saúde formais.” A obra também busca auxiliar esses profissionais a assistir aos pacientes sem que haja choques étnicos e respeitando o senso de identidade do indivíduo.

Para ler mais trechos do livro clique aqui.

Autora comenta Metodologia Científica para a Área de Saúde*

Pesquisa é uma forma de investigação. Não é possível fazer pesquisa sem que haja um problema para resolver ou uma pergunta para responder. Logo, toda pesquisa é feita para ampliar o conhecimento, qualquer que seja a área de trabalho do pesquisador. Mas existem riscos e incertezas. O pesquisador precisa buscar evidências que apóiem os argumentos que apresenta para a solução de seu problema ou para a resposta a sua pergunta.

Para chegar à evidência, um pesquisador precisa de dados. Método de pesquisa é a técnica usada para a coleta de dados, ou seja, é a estratégia usada pelo pesquisador para coletar as informações que precisa para resolver seu problema ou para responder a sua pergunta. O jovem pesquisador e o estudante que pretende aprender a pesquisar precisam de muita informação porque, afinal, é o pesquisador que escolhe o método de pesquisa. Cabe então lembrar que fazer ciência com a necessária consideração às normas éticas foi o que contribuiu para o progresso científico e tecnológico obtido nas últimas décadas.

No entanto, nem todas as pessoas estão preparadas para tomar decisões em situações de conflito de interesses entre avanço de conhecimento e ética. Cientistas têm interesses pessoais e não visam apenas objetivos científicos quando questionam. São necessárias regras e diretrizes, – e muitas vezes a força da lei – para minimizar os danos causados por todas as atividades conduzidas pelo homem e com o homem.

 Metodologia Científica para a Área de Saúde tem o propósito de compartilhar e disseminar conhecimentos. Apresenta e discute os métodos de pesquisa hoje usuais nos grandes centros. Expõe muitos exemplos obtidos de trabalhos publicados em revistas internacionais de alto nível, que ajudam fixar conteúdos e dar sentido ao que foi aprendido. Faz citações das regulamentações da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA) e da Comissão Nacional de Ética em Pesquisa (CONEP), além de fazer menções às disposições da Agência de Alimentos e Drogas dos Estados Unidos da América (Food and Drug Administration-FDA), que remetem o leitor ao necessários de ética e qualidade.

Por conta disso tudo, Metodologia Científica para a Área de Saúde é um livro que contribui para maior compreensão sobre o tema, que é atual, difícil, mas precisa ser bem entendido.

* Sonia Viera escreveu esse artigo sobre seu livro Metodologia Científica para a Área de Saúde, lançado pela Elsevier. É também autoras das obras: Estatística para a Qualidade 3ªedBioestatística. Clique nos títulos e obtenha mais informações sobre as obras!