Lançamento em Radiologia: Urinário – Série CBR!

Tem novidade chegando em Radiologia. \o/

SÉRIE CBR – URINÁRIO. O novo volume da série com os maiores nomes da radiologia nacional!

A Elsevier convida para o coquetel de lançamento e sessão de autógrafos com os autores da obra na JORNADA PAULISTA DE RADIOLOGIA – JPR 2013, no dia 04/05!

Confira aqui os títulos já lançados da SÉRIE CBR.

Leia mais…

Share on FacebookShare on LinkedInShare on Google+Tweet about this on TwitterEmail this to someone

Hoje é dia do Radiologista!

A Elsevier homenageia esses profissionais no seu dia com a promessa de continuar trabalhando para que eles possam estar sempre mais atualizados com o que há de melhor.

Leia mais…

Share on FacebookShare on LinkedInShare on Google+Tweet about this on TwitterEmail this to someone

E-sample do Livro Gastrointestinal

Série CBR, Gastrointestinal

Gastrointestinal é o segundo volume da Série Colégio Brasileiro de Radiologia e Diagnóstico por Imagem, projetada para ser composta de 11 livros de radiologia dedicados ao radiologista brasileiro. Ricamente ilustrado, com mais de 2.500 imagens, e redigido por profissionais renomados na especialidade, todo o conteúdo foi organizado em um modelo facilitador da leitura. Apresenta breve introdução sobre a doença em foco, comentários sobre os seus aspectos histológicos quando relevantes e pertinentes, visão objetiva dos aspectos de imagem nas principais modalidades, complementados pelos principais diagnósticos diferenciais.

 

Share on FacebookShare on LinkedInShare on Google+Tweet about this on TwitterEmail this to someone

E-sample do livro Tórax

Série CBR, Tórax

Primeiro módulo da Série Colégio Brasileiro de Radiologia e Diagnóstico por Imagem, e abrange os tópicos essenciais para aprendizado e revisão, incluindo anatomia básica, achados clínicos e laboratoriais relevantes, resumo dos achados histológicos ou fisiopatologia, descrição objetiva dos achados radiológicos nos diversos métodos de imagem, algoritmo diagnóstico e diagnóstico diferencial. A Série CBR fornece uma revisão abrangente, mas não muito extensa, das áreas mais importantes da Radiologia, com o intuito de auxiliar na formação de residentes e estagiários, e servir de consulta rápida e precisa para profissionais, dentro da realidade brasileira. A Série é composta pelos volumes Tórax; Gastrointestinal; Coluna Vertebral; Encéfalo; Rins, Vias Urinárias e Próstata; Articulação, Osso e Músculo; Cabeça e Pescoço; Ginecologia e Obstetrícia; Mama; Coração e Aorta; Pediatria.

 

 

Share on FacebookShare on LinkedInShare on Google+Tweet about this on TwitterEmail this to someone

Hemorragia Intracraniana Neonatal

Série CBR, Encéfalo

HEMORRAGIA INTRACRANIANA NÃO TRAUMÁTICA

INTRODUÇÃO

Generalidades

Hemorragia intracraniana (HI) não traumática é uma das causas mais comuns de déficit neurológico focal em todas as idades. Quanto à localização, podem ser extradurais, subdurais, subaracnoides, intraventriculares, intraparenquimatosas ou multicompartimentais.

O diagnóstico rápido da HI e de sua etiologia influencia a morbidade, a mortalidade e o prognóstico dos pacientes. A ultrassonografia (USG), utilizada particularmente em neonatos, a tomografia computadorizada (TC) e a ressonância magnética (RM) são métodos de imagem bem estabelecidos no tratamento destes pacientes, propiciando diagnóstico adequado e tendo papel na definição da conduta e no acompanhamento.

Leia mais…

Share on FacebookShare on LinkedInShare on Google+Tweet about this on TwitterEmail this to someone

Radiografia da Região Cervical, Torácica e Lombar

Série CBR, Coluna Vertebral

RADIOGRAFIA

A radiografia ainda é o método de imagem mais usado para o estudo das doenças da coluna vertebral em virtude do seu baixo custo, do acesso praticamente universal à técnica, da sua alta resolução para as estruturas ósseas, ao fato de não ser operador dependente e de ser facilmente reprodutível permitindo comparação evolutiva em estudos precedentes. Dentre as desvantagens da técnica podem ser citadas a emissão de radiação ionizante, a sua baixa resolução para as alterações de partes moles incluindo todo o conteúdo do canal vertebral, do disco intervertebral e das partes moles paravertebrais.  Além disso, a radiografia não identifica precocemente as alterações da medula óssea e não permite uma visão tridimensional da região examinada.

Leia mais…

Share on FacebookShare on LinkedInShare on Google+Tweet about this on TwitterEmail this to someone