Imagens Oftalmológicas de Pacientes com Oftalmia Simpática


YANNUZZI, Atlas de Retina 1/E

Oftalmia Simpática
A oftalmia simpática é uma uveíte granulomatosa que acomete  o olho contralateral após traumas penetrantes cirúrgicos ou acidentais no outro olho. O aparecimento da inflamação no olho contralateral pode ocorrer dias ou anos após a lesão desencadeante, mas geralmente se dá nos primeiros meses. A princípio, os pacientes relatam desconforto ocular brando, visão borrada, fotofobia e perda de acomodação. Dentre os achados oculares, incluem-se a presença de células e flare na câmara anterior e de precipitados ceráticos no endotélio da córnea. No segmento posterior, as alterações incluem papilite, vitrilite e um descolamento neurossensorial exsudativo que pode mimetizar a doença de Harada. Pequenos pontos amarelo-esbranquiçados, abaixo do EPR, conhecidos como nódulos de Dalen-Fuchs, caracterizam esta doença. O tratamento geralmente envolve o uso de corticosteroides ou outros agentes imunossupressores, com graus variáveis de sucesso. A enucleação do olho que desencadeou a inflamação, após seu início, ainda é controversa.

Leia mais…