Vídeos são grandes aliados de cirurgiões

 

Estudantes e cirurgiões têm cada vez mais aproveitado as possibilidades de aprendizado por meio da utilização de software com animações e vídeos. Para que o aprendizado seja coerente com a realidade, o material utilizado precisa de um tratamento de alta definição em todos os procedimentos cirúrgicos.

Um campo que tende a crescer com a utilização de ferramentas de aprendizado digitais é o de cirurgia plástica oculofacial. Muitos procedimentos consagrados no passado deixaram de ser realizados atualmente, substituídos por técnicas que permitem melhores resultados e cicatrizações mais rápidas. Desde o início, a oculoplástica tem sido uma disciplina passada de professor para aluno e de colega para colega.

¹Vários parâmetros devem ser avaliados no exame pré-operatório de blefaroplastias. É importante avaliar sintomas funcionais e realizar documentação fotográfica pré-operatória. Deve-se fotografar o paciente de frente, em perfil 3/4 e vista lateral. Fotografias pré e pós-operatórias documentando as mudanças e a melhora estética são essenciais para mostrar aos pacientes mais exigentes. É necessário investigar histórico de sintomas de olho seco, cirurgia facial ou trauma prévios e cirurgia refrativa. Considerações estéticas devem ser discutidas com o paciente diante de um espelho durante o exame para apontar as alterações anatômicas presentes.

¹Trecho retirado integralmente do livro Atlas de Plástica Oculofacial e Cirurgia Reconstrutiva.

Share on FacebookShare on LinkedInShare on Google+Tweet about this on TwitterEmail this to someone