Doença crônica, a dermatite atópica também atinge cães e gatos

Médicos veterinários que costumam tratar apenas de cães e gatos relatam que a grande maioria dos problemas que levam os bichinhos ao consultório tem a ver com a pele dos animais. Há várias condições que causam problemas de pele em cães e gatos, mas o mais comum é, de longe, a alergia. Algumas dermatites são mais comuns em determinadas épocas do ano, o que não excluem que elas apareçam em outros períodos. Por isso, é sempre bom estar de olho e ocasionalmente fazer uma inspeção na pele, nas patas, nos olhos e nas orelhas do seu bichinho, para se certificar de que está tudo bem.

Entre as dermatites, essa é a mais difícil de se tratar, pois é quase impossível isolar o animal do ambiente causador.

¹DERMATITE ATÓPICA CANINA

A dermatite atópica canina é uma doença dermatológica muito comum, particularmente crônica associada a prurido e lesões inflamatórias pouco específicas cujas localizações devem ser levadas em conta.

Admite-se a concepção clássica de que existe uma predisposição genética complexa ao desenvolvimento de uma sensibilização a alérgenos do ambiente, aos quais os outros indivíduos são indiferentes. Os alérgenos responsáveis (ácaros da poeira, escamas e, mais raramente, o pólen) penetram no organismo por via inalatória, transcutânea ou digestiva; o resultado é a produção massiva de imunoglobulinas diversas (IgE, IgG específicos) que se fixam nos mastócitos da pele. Um contato posterior com os mesmos alérgenos provoca a degranulação massiva destes mastócitos e a liberação de diversas substâncias pró-inflamatórias.

Todavia, a noção de dermatite atópica evoluiu consideravelmente no decorrer dos últimos anos e atualmente leva em consideração vários outros fatores, entre os quais a identificação e o controle que aprimoram consideravelmente a gestão dessa entidade, embora ela se mantenha um desafio. Convém mais particularmente citar os seguintes fatores:

– morfológicos (alterações da composição do filme hidrolipídico de superfície);

– infecciosos (principalmente superinfecções por bactérias e leveduras);

– parasitários (provável exacerbação das reações imunológicas contra ”superalérgenos” salivares da pulga);

– alimentares, com importância variável das intolerâncias alimentares e dos alérgenos alimentares (trofalérgenos);

– psíquicos, como comprova a grande variabilidade racial e individual observada na expressão do prurido e nos fenômenos de ritualização.

DERMATITE ATÓPICA FELINA

Esta entidade requer maiores esclarecimentos, em particular no que diz respeito à predisposição genética, uma vez que geralmente é difícil encontrar uma predisposição familiar, ao contrário da predisposição simplesmente racial, em evidência. Por muito tempo, a dermatite atópica felina foi qualificada como todas as dermatites pruriginosas  associadas a testes alergológicos positivos para aeroalérgenos. A tendência atual é considerar que uma parte considerável das intolerância/alergias alimentares deriva da atopia.

Os aeroalérgenos normalmente responsáveis são os ácaros de poeira doméstica e, particularmente, Dermatophagoides sp.

Observa-se que existe uma reação cruzada entre os ácaros de poeira e os ácaros, em particular Octodectes cynotis.

 

¹Trecho retirado integralmente do livro Manual Elsevier de Medicina Veterinária, Elsevier

Imagem: Reprodução

Share on FacebookShare on LinkedInShare on Google+Tweet about this on TwitterEmail this to someone

Dia do veterinário – 09 de setembro

O dia da pessoa que trabalha em função de fazer com que nossos amiguinhos de quatro patas, asas, escamas ou bicos, fiquem bem e saudáveis está chegando! Nada mais do que merecido uma data no calendário dedicada a eles: os veterinários. No dia 09 de setembro comemora-se o dia desse profissional que é responsável por cuidar da saúde, bem estar, e higiene de todos os animais.

A data foi estabelecida no mesmo  dia em que se instituiu o Decreto nº 23.133, criado pelo então presidente Getúlio Vargas, que normatizava a atuação do médico veterinário e o ensino dessa profissão. E 09 de setembro passou a valer como o Dia do Veterinário, servindo como forma de reconhecimento. Mas, vale ressaltar, que embora não regulamentadas, as escolas de veterinária já existiam no Brasil desde 1910.

A formação em medicina veterinária dura, em média, cinco anos. Algumas das disciplinas básicas abordadas no decorrer do curso, são: anatomia, microbiologia, genética, matemática, estatística, além de nutrição e produção animal. Depois, é a vez de estudar as doenças, as técnicas clínicas e cirúrgicas e então optar pela especialização.

As especializações são clínica e cirurgia de animais domésticos e silvestres, e de rebanhos. Com essas especializações o profissional veterinário pode trabalhar: nas indústrias de produtos para animais, acompanhando a produção de alimentos, rações, vitaminas, vacinas e medicamentos. Além de, trabalhar em manejo e conservação de espécies, observando os animais silvestres em cativeiro para estudar a sua reprodução e conservação, implantando projetos em reservas naturais. O profissional também estará apto para fazer controle de saúde de rebanhos em propriedades rurais ou fiscalizar os estabelecimentos que vendem ou reproduzem animais. Além de contar com tecnologia, para poder fazer melhoramentos de qualidade dos rebanhos. (Fonte: IBGE)

Profissionais atualizados na saúde dos animais

Assim como as doenças humanas, as doenças animais precisam ser estudadas a fundo e os métodos para estudá-las, aprimorados e inovados cada vez mais. Os veterinários são profissionais da área da saúde e têm os bichos como seus pacientes. Esses profissionais são responsáveis por cuidar, curar e prevenir as doenças dos animais. A Elsevier Saúde selecionou três grandes obras da medicina veterinária, para aprimorar o conhecimento dos alunos e leitores. Veja a lista a seguir:

Cirurgia de pequenos animais 4ªED

Esta quarta edição de Cirurgia de Pequenos Animais sofreu mudanças significativas para fornecer uma referência concisa, porém de ponta, para o material que é mais valioso e necessário para os profissionais e estudantes de veterinária atarefados de hoje. Foram mantidos alguns dos aspectos favoritos deste livro, incluindo um número limitado de participantes, uma excelente diagramação e um formato consistente, que varia minimamente entre os capítulos.

Ao longo da obra, o leitor constatará que houveram muitas atualizações nas informações e, em muitos casos, foram acrescentadas descrições de procedimentos que foram totalmente ou raramente utilizados ou não utilizados quando as edições anteriores foram publicadas. O objetivo dos autores é de certificarem que produziram um livro mais interativo e bem desenvolvido, proporcionando informações clinicamente úteis, abordando a necessidade de uma revisão de pesquisas recentes, fornecendo referências atualizadas.

Imunologia veterinária 9ªED

O texto não mudou muito em relação à disposição, nesta nova edição, apesar da inclusão de três novos capítulos. Capítulos como o de Inflamação foi dividido em dois, um focado na detecção de invasores e o outro nos mediadores de inflamação.

Isso reflete a enorme quantidade de novas informações acerca dos receptores de reconhecimento de padrão e as maneiras que alertam o corpo sobre a invasão microbiana. A  enxurrada de novas informações acrescentadas neste livro vem de muitas direções. A maior quantidade é provavelmente proveniente da área da inflamação e da identificação de invasores por meio de receptores de reconhecimento de padrão.

Medicina interna de pequenos animais

A quinta edição desta obra mantém o objetivo original de ser um livro prático, com forte ênfase clínica, útil tanto para clínicos quanto para estudantes. Os autores continuamos a limitar as autorias, selecionando por habilidade clínica quem se encarregará de abordar determinado tema de acordo com sua respectiva especialidade, a fim de assegurar o máximo de consistência dentro e entre as seções do livro.

A obra permanece com foco nos aspectos clinicamente relevantes dos problemas mais comuns em medicina interna, fornecendo informações de forma concisa, compreensível e lógica. O extenso uso de tabelas, algoritmos, referências cruzadas dentro e entre as seções e um índice completo ajudam a tornar o livro uma referência rápida e fácil de usar.




Share on FacebookShare on LinkedInShare on Google+Tweet about this on TwitterEmail this to someone

Volta às Aulas com Desconto da Elsevier Saúde

Cada um tem uma maneira diferente de curtir as férias, mas todos utilizam essa fase do ano como uma espécie de válvula de escape, uma fuga das atribuições do dia a dia. Porém, passados estes dias de merecido descanso, todos temos de voltar às nossas atividades cotidianas.

Pensando na volta às aulas e no impacto que o acontecimento pode gerar no bolso dos estudantes que têm o conhecimento como um norte em suas vidas, a Elsevier preparou uma superpromoção: 20% de desconto em vários títulos do seu catálogo.

A “cereja do bolo” fica por conta do frete grátis, concedido a todos os pedidos acima de R$ 150,00, e do parcelamento em até 6x sem juros.

Clique em http://goo.gl/a5GYnQ e confira!

Volta às Aulas Elsevier

Share on FacebookShare on LinkedInShare on Google+Tweet about this on TwitterEmail this to someone

Resultado da promoção – Curta a página Elsevier Embaixadores, cadastre-se no blog e concorra a livros!

O blog Elsevier Saúde e os Embaixadores Elsevier vão sortear uma série de livros e e-books das mais variadas áreas da saúde. Nos próximos dias você terá a chance de ganhar obras de autores renomados dos campos da Medicina, Enfermagem, Odontologia, Fisioterapia e Medicina Veterinária.

Para concorrer, é simples. Você deve curtir a fanpage dos Embaixadores Elsevier, além de preencher esse formulário com seu nome, e-mail e o Embaixador que indicou essa promoção para você.

A promoção ocorrerá entre os dias 1 e 15 de maio de 2014. O sorteio será realizado às 17 horas, no dia 17 de maio. O vencedor será divulgado na fanpage dos Embaixadores Elsevier, e também notificado via e-mail.

Formulário

Regras:

O sorteio será válido apenas para cadastros e curtidas realizadas entre os dias 1 e 15 de maio de 2014. A promoção será encerrada às 23h59min do dia 15 maio de 2014. Sorteio válido apenas para residentes do Brasil. Lembrando que para participar do sorteio, você precisa curtir a fanpage dos Embaixadores e preencher o formulário. As duas etapas devem ser realizadas.

O sorteio será feito de forma aleatória através do site Sorteie.Me, e o vencedor será notificado via e-mail, além de post na fanpage dos Embaixadores, no Facebook.

Boa Sorte!

 

Resultado da promoção – 20/05

O nome da sortuda que vai levar para casa o novo Mims Microbiologia Médica – 5ª Edição é Juliana Correa da Silva. Parabéns, Juliana! Em breve você estará desfrutando do melhor conteúdo sobre microbiologia!

Sobre o livro

Livro-Mims-Microbiologia-MedicaMims Microbiologia Médica é o livro que te ajuda a compreender todos os conceitos sobre microbiologia e imunologia básica para seus cursos e exames! Com uma abordagem clinicamente relevante baseada em sistemas, numerosas ilustrações coloridas e dinâmicas, texto sucinto e caixas de principais conceitos, o livro Microbiologia Médica torna este assunto complexo com fácil de entendimento e fixação.

 

Share on FacebookShare on LinkedInShare on Google+Tweet about this on TwitterEmail this to someone

Chegou o livro Cunningham Tratado de Fisiologia Veterinária

Tratado de Fisiologia Veterinaria

Compreender as funções normais do organismo e os mecanismos de doença é essencial para o sucesso da prática veterinária.

Ao abordar esse vasto assunto de maneira simples, o livro TRATADO DE FISIOLOGIA VETERINÁRIA 5ª edição esclarece os principais conceitos relacionados à prática clínica – da fisiologia celular ao funcionamento da homeostasia e da função imunológica – e proporciona uma base sólida para você prestar cuidados veterinários eficientes.

Leia mais…

Share on FacebookShare on LinkedInShare on Google+Tweet about this on TwitterEmail this to someone

Introdução às Doenças Renais Familiais do Cão e do Gato

Chew, Urologia e Nefrologia do Cão e do Gato, 2/E

 

INTRODUÇÃO E FISIOPATOLOGIA

A. A maioria das doenças renais familiais resulta em insuficiência renal crônica (IRC) em idade jovem (< 5 anos), mas algumas são caracterizadas por defeitos tubulares renais (p. ex., síndrome de Fanconi em cães da raça Basenji) ou anormalidades morfológicas que resultam em hematúria (p. ex., telangiectasia renal em cães da raça Pembroke Welsh Corgi).

B. Uma doença familial é aquela que ocorre em animais aparentados com uma frequência maior do que seria esperado por acaso.

Leia mais…

Share on FacebookShare on LinkedInShare on Google+Tweet about this on TwitterEmail this to someone